Consultoria de Imagem e Estilo para Evangélicos

1

Olá, tudo bem Consultora?

Dando continuidade da série de nichos que podemos atuar, hoje vou falar de um nicho que eu particularmente só conheço a Mariana Simionato atuando, é o nicho de Consultoria de Imagem e Estilo para Evangélicos.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que em 2000 o País tinha 26,2 milhões de evangélicos, para efeito de comparação, em 1991 esse número era de 12,6 milhões. A Expocristã, feira que acontece há dez anos e é o maior evento do setor, afirma que existem hoje no Brasil 55 milhões de evangélicos e que a projeção é que eles cheguem a 109 milhões, em 2020.

A Consultoria de Imagem e Estilo evangélica surge como oportunidade de negócio. Investir nesse nicho exige conhecimento sobre o que esse grupo de brasileiros adeptos da religião evangélica busca. Eles querem estar na moda, ter identidade própria, usar roupas de qualidade e que apresentem criatividade e respeito ao individualismo. Eles possuem características específicas no estilo de vida e consumo.

Para ter sucesso, a Consultora deve também estudar as particularidades dos diversos nichos existentes dentro do segmento religioso. O público-alvo desse nicho de mercado é formado por evangélicos que buscam elegância, sofisticação, estilo e conforto em um visual mais discreto. A preferência é por peças que obedeçam aos princípios da religião e, ao mesmo tempo, sigam as tendências da moda.

As mulheres são o público que carece mais de atenção, pois as peças não podem ter decotes ousados e transparências, a não ser que sejam com sobreposições. Saias e vestidos não podem ser curtos, e nem todas as religiões permitem às mulheres o uso de calças. Os homens evangélicos não enfrentam grandes dificuldades porque têm preferência por ternos, camisa social, sapato social e gravata.

Outros tipos de consumidores podem ser atendidos no segmento religioso. Mulheres de igrejas ortodoxas ou que, por diversas razões, prefiram roupas mais discretas ou comportadas. Dentro deste mercado, também é possível atuar em nichos com peças de tamanhos grandes (plus size) e para o público jovem. Existem outras diferenças a serem exploradas entre os evangélicos, o tipo de igreja e a classe social podem segmentar ainda mais este público.

A Consultora de Imagem e Estilo que deseja atuar nesta área, precisa se identificar com este nicho e principalmente entender quais são suas peculiaridades, pois só assim, irá ter um bom resultado no seu trabalho.  Na verdade, independente da área que você deseja atuar, o ideal é se identificar com o público e entender tudo que este nicho demanda de dificuldade para poder realizar um ótimo trabalho.

Lembre-se: Seu propósito e missão de vida tem que estar alinhando com seu nicho de mercado.

Para quem se interessar em conhecer mais de perto o trabalho da Mariana Simionato este AQUI é o site dela. Eu adoro ela e o trabalho que vem desenvolvendo.

Gostou? Tem alguma dúvida ou sugestão para compartilhar comigo? Entre em contato ou comente abaixo.

Lembre-se: Consultora confiante e informada é consultora bem-sucedida!

Um Super Bjo

Lilian Jordão

0 Comentário

ENVIE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado *

Comentário *




Efetue o cálculo abaixo para continuar:
Preencha o resultado do cálculo novamente