Francisco Costa sai da marca Calvin Klein

ck1

 

 

 

 

Anunciada a notícia pelo CEO da marca, Francisco Costa, diretor criativo no setor feminino da Calvin Klein Collection, e Italo Zucchelli, diretor criativo no setor masculino também da Calvin Klein Collection, estão deixando a empresa. Este último anúncio da Calvin Klein (CK) é parte da evolução global da marca, onde se pretende unificar todas as marcas Calvin Klein sob uma visão criativa.

Segundo o site WGSN/Insider, tem sido uma época tumultuada para as marcas de moda de luxo, com muitas partidas no comando das marcas, começando por Alexander Wang, que anunciou sua saída na Balenciaga em 2015, até Hedi Slimane na Saint Laurent Paris algumas semanas atrás.

Enquanto algumas das partidas recentes vieram de designers que têm trabalhado somente com as marcas por algumas temporadas, a perda de Costa será sentida , pois ele estava na marca há 13 anos.

“Calvin Klein é uma daquelas marcas com patrimônio raro que conseguiu celebrar sua história na moda, enquanto sempre se manteve moderna. Será uma verdadeira perda para a empresa além de triste ter que dizer adeus a um talento tão maravilhoso. A última coleção de Costa para a temporada Outono/Inverno AW16 foi incrivelmente emocionante de testemunhar, a partir das proporções desconstruídas com tecidos e confecções de luxo precisos. Dito isto, será emocionante ver o que a próxima temporada irá apresentar”, diz Laura Yiannakou, WGSN Editora Associada no setor feminino.

Steve Shiffman, CEO da Calvin Klein, Inc., justificou as mudanças dizendo que “esta estratégia criativa marca o início de um novo capítulo significativo na herança da marca Calvin Klein desde a aposentadoria do Sr. Klein. Eu gostaria de agradecer a Francisco e Italo pelos compromissos inabaláveis com a marca Calvin Klein e suas realizações ao longo da última década. Ambos têm contribuído imensamente para fazer Calvin Klein uma líder global na indústria da moda, e eles o fizeram com dedicação, foco e criatividade”.

Segundo Petah Marian, WGSN Editor Sênior de inteligência de varejo, “os movimentos seguem passos semelhantes por marcas como Gucci e Burberry, que anunciaram planos para combinar as suas mulheres e mostras dos homens no início deste ano. Há aumento da polinização cruzada entre homens e feminina, com estilos e temas que atravessam ambas as coleções, e a partir de uma perspectiva de custo, faz sentido para amalgamar os dois”.

Tive a chance de acompanhar duas temporadas da CK, uma delas foi essa última. Vamos ver o surgirá, afinal, a CK sempre está se reinventando.

Compartilho aqui o último desfile de Costa – Ready-To-Wear Calvin Klein Collection Autumn/Winter 2016-17:

ck2 ck3 ck4 ck5

Photos by InDigital

 Desfile completo e maiores informações, acesse: >>AQUI <<

 

0 Comentário

ENVIE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado *

Comentário *




Efetue o cálculo abaixo para continuar:
Preencha o resultado do cálculo novamente