VERSÁTEIS E INDISPENSÁVEIS: USE E ABUSE DOS COLARES

colar1

Olá, Consultora! Tudo bem?

Vou falar hoje sobre um acessório muito versátil e indispensável no look: o COLAR.

O colar é utilizado há milhares e milhares de anos, seja como amuleto de proteção, indicação de status e poder ou apenas como adereço. Não há registros de quando o colar surgiu exatamente, mas pinturas rupestres já indicavam o seu uso e achados de até 75 mil anos sugerem o uso desse tipo de adorno. Pedras, conchas e outros materiais foram os itens usados para confeccionar os primeiros colares, mais tarde, pedras preciosas e ouro eram usados para criar joias que seriam usadas por reis e faraós.

Atualmente podemos encontrar colares dos mais diferentes tipos de materiais, tamanhos, formas e valores. Sejam como joias ou bijuterias, esses acessórios têm grande importância na montagem do look, pois têm o poder de transformá-lo. Um look básico pode se transformar em divertido com um maxi colar colorido, por exemplo, ou mais formal com uma joia mais discreta.

Algumas Consultoras trabalham repetindo as linhas do rosto da cliente nos colares, ou seja, rosto de linhas redondas, colares arredondados. Outras preferem descontruir isso e usar colares com linhas diferentes das linhas do rosto da cliente. Eu, Lilian Jordão, acredito nas duas formas de trabalho, no entanto, dou maior ênfase na harmonia da composição “look + colar”, sempre levando em consideração os gostos da cliente. Ela precisa se olhar no espelho e amar o que vê, independentemente das regras.

Se você ainda não conhece muito sobre esse acessório indispensável em qualquer guarda-roupa, vou listar, abaixo, os tipos de colares.

Colar longo ou pendant necklace

colar2

Como o próprio nome diz, são mais longos e podem ter pingentes variados. O comprimento pode variar e o tamanho dos pingentes também. Esse tipo de colar alonga a silhueta.

Gargantilha ou choker

colar3

Aqueles usados “grudados” no pescoço ou bem próximos a ele. Esse tipo de colar dá a impressão de pescoço mais curto, portanto, cuidado ao usá-lo se se pescoço da sua cliente não for tão alongado.

Colar de corrente

colar4

Vários elos interligados como uma corrente mesmo. Podem ser grandes ou formados pela junção de mais de uma corrente, podendo ser de prata, dourado e até colorido.

Maxi colar ou statement

colar5

Colares grandes, mas grandes MESMO. Podem mudar bastante a cara do look, pois chama bastante atenção. Ao usar os maxi colares, opte por brincos menores.

 

Uma dúvida muito frequente de clientes e até de Consultoras é como combinar colares com os decotes. Alguns profissionais optam por usar colares que acompanham o decote, mas, eu, particularmente, acredito, mais uma vez, na harmonia da composição. Se o decote for muito chamativo ou tiver algum detalhe (uma renda, brilho, etc.), um colar mais discreto e delicado ou não usar o acessório ficaria mais harmônico, pois o decote em si já chama a atenção para região do colo. O mesmo vale para blusas ombro a ombro, que já realçam o colo e não precisam de complemento, mas sua cliente pode usar um colar se quiser, desde que as duas coisas não “briguem” no look.

O estilo da sua cliente sempre deve vir em primeiro lugar. Se ela é uma pessoa mais clássica e romântica, por exemplo, colares mais discretos e pequenos podem ser mais adequados. Pessoas mais extrovertidas normalmente pedem mais cor e ousadia no look e, nesses casos, maxi colares são uma boa pedida, principalmente os bem coloridos.

O mais importante, Consultora, como eu sempre digo, é entender o que sua cliente precisa e qual a mensagem que ela deseja transmitir. Não precisamos estipular regras, mas, sim, adequar o gosto da nossa cliente ao que fica mais harmônico e adequado ao estilo dela. Os colares são muito versáteis e capazes de transformar qualquer look! Portanto, Consultora, use e abuse deles!

Lembre-se sempre: Consultora bem informada é Consultora de sucesso!

Compartilhe comigo suas experiências com colares! Deixe seu comentário!

Super Beijo

Lilian Jordão

0 Comentário

ENVIE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado *

Comentário *




Efetue o cálculo abaixo para continuar:
Preencha o resultado do cálculo novamente